O que é

O impacto do diagnóstico de infertilidade e do tratamento médico no bem-estar psicológico dos casais tem vindo a ser alvo de um interesse crescente nos últimos anos. Com efeito, a descoberta de dificuldades em ter um filho biológico constitui-se, na maioria das vezes, como uma situação inesperada geradora de stresse, não apenas nas mulheres e homens, mas também no casal em si. Apesar de muitos dos casais conseguirem ajustar-se e aprender a lidar com a infertilidade, existem outros em que as respostas emocionais acabam por persistir e intensificar-se, gerando stresse e depressão.


Neste contexto, a APFertilidade elegeu o Apoio Psicológico como uma das vertentes a desenvolver no seu projeto e, em 2011, sob a coordenação da Dr.ª Ana Galhardo, deu início à constituição de uma rede de Psicólogos, com os quais estabeleceu protocolos de colaboração. Trata-se de um conjunto de profissionais com conhecimentos e experiência clínica nesta área específica, sendo também propósito da APFertilidade contribuir para a atualização e manutenção do contacto entre estes Psicólogos. Mais especificamente, a APFertilidade organiza, com uma periodicidade anual, um evento formativo e de troca de experiências entre os elementos da rede, convidando especialistas e promovendo o debate e a partilha de boas práticas.Este acompanhamento decorre através da plataforma de apoio à rede de psicólogos da APFertilidade.