Prevenção da infertilidade

Nutrição

A alimentação deve ser variada e equilibrada, com farináceos, vegetais, saladas, fruta (2-3 peças/dia), leite (0,5-1 L/dia) e derivados, carne e peixe (100 g por refeição; equilibrar peixe e carne) e 1,5 L água/dia.


Deve-se evitar uma alimentação rica em açúcares e gorduras, pois favorece a diabetes, as doenças da tiróide, as doenças cardiovasculares (aterosclerose, acidentes cerebrovasculares, insuficiência cardíaca, angina de peito, hipertensão arterial, varizes), a insuficiência hepática e a insuficiência renal.


Os alimentos ricos em vitaminas anti-oxidantes melhoram o desempenho dos espermatozóides.


Evitar carne de animais alimentados com rações químicas e derivadas de produtos animais, pois contêm frequentemente, hormonas esteróides e antibióticos.


Evitar produtos hortículas e frutas tratadas quimicamente, bem como todos os produtos contendo ingredientes químicos, pois podem apresentar químicos tóxicos para os ovócitos e espermatozóides.

Radiações

Evitar viver junto a centrais termoeléctricas ou nucleares. Interditar mais de 2h/dia o uso de televisão ou computadores para fins recreativos. Interditar o uso de telemóveis antes da adolescência.

Desporto

Regular (3x/semana).

Roupa

Rapazes: boxers, calças não apertadas, fraldas largas e ventiladas.

Vacinas

Sempre em dia, incluindo a da rubéola, hepatite B e papeira.

Cirurgia

Correcção da criptorquidia até aos 2 anos. Hidrocelo/Varicocelo: cirurgia só se de grande volume (visível a olho nú) ou se provocar dor.

Défices do desenvolvimento físico e sexual

O pediatra deve diagnosticar precocemente os distúrbios genéticos e endócrinos (atraso do crescimento, défice cognitivo, alterações físicas, défice ou precocidade da puberdade).


A correcção dos distúrbios endócrinos sexuais, por urologista, deve ser mista, testosterona para o hipogonadismo e FSH/LH para manter a espermatogénese.


Os distúrbios femininos devem ser tratados pela ginecologia.

Hábitos

Não consumir tabaco, álcool e drogas.

Sono

Manter um mínimo de 8h de sono regular.

Sexualidade

Explicar que a sexualidade é natural e essencial para o equilíbrio dos humanos, e que esta é um equilíbrio entre sexo e amor.


Explicar que a dissociação entre sexo e amor provoca angústias, transtornos, sofrimento e desilusões. Explicar adequadamente a anatomia e a fisiologia da reprodução.


Evitar educação baseada na culpa. Evitar relações sexuais antes de uma ligação afectiva forte.


Usar sempre preservativo se se tratar de uma relação sexual ocasional (relação sexual de qualquer tipo) ou se o casal ainda não fez análises.


Introduzir anticonceptivo oral se se der o início de relações sexuais estáveis e frequentes (mais de 1x/mês).

Preservação da fertilidade em oncologia

Criopreservar ovócitos/tecido ovárico e espermatozóides/tecido testicular antes de cirurgia genital, QT ou RT.

Ecografia pélvica feminina

Aos 15 anos, para despiste de anomalias orgânicas e tumores.

Mamografia/Ecografia mamária

Aos 15 anos, para despiste de anomalias e tumores. Anual após início de vida sexual.

Citologia do colo uterino

A citologia do colo uterino deve ser efectuada todos os anos após o início da vida sexual para despiste do cancro do colo do útero.

Espermograma

Aos 18 anos, para despiste de infertilidade.

Consultar médico de RMA

Se existir historial familiar de infertilidade; acne, pilosidade aumentada, períodos irregulares ou amenorreia; lesões genitais; anomalias do pénis ou dos testículos.

Equipamento completo de protecção

No trabalho industrial.