FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros    RegistarRegistar   PerfilPerfil   Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas   EntrarEntrar                     

Experiências de parto
Índice do Fórum -> Gravidez
Novo Tópico   Responder a Mensagem
Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Ir à página 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Autor Mensagem
CCCarvalho
Membro Diamante
Membro Diamante


Registrado em: 30 Out 2006
Mensagens: 560
Local/Origem: Lisboa

MensagemColocada: 02 Jul, 2007 21:20 
Assunto: Experiências de parto
Responder com Citação

O meu menino nasceu dia 27, como previsto, de cesariana (estava sentadinho e todo enrolado no cordão, o maroto!). Correu tudo bem, é realmente simples e rápido, só o pós operatório custou um bocadinho, mas percebo agora quando dizem que vale tudo a pena. O André é gorduchito, cabeludo e lindo, claro! Very Happy

A cesariana com epidural é uma experiência engraçada, não se sente mesmo nada! Eu acho que estava anestesiada até às orelhas Very Happy mas ver o meu lindinho cá fora é impressionante. Ouvia a minha médica, que é amorosa, na brincadeira connosco, o ambiente na sala de partos era óptimo, toda a gente muito simpática. Nos quartos também, recomendo a CUF definitivamente! Very Happy

O papá está muito babado, a mamã também e o André é um doce, embora ainda nos dê umas noitinhas difíceis... Very Happy

Beijinhos para todas as mamãs e futuras mamãs,
Carla e André



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
zanita
Membro Platina
Membro Platina


Registrado em: 13 Jul 2006
Mensagens: 1533

MensagemColocada: 07 Out, 2007 19:25 
Assunto:
Responder com Citação

No dia 14/09 conforme combinado com a Dra. dirigi-me á Estefânea pelas 07h30 a fim de ser atendida. Pesei-me, fiz CTG o qual não acusava contracções e depois esperei pela consulta.

Fui chamada por volta das 11h00 e ao entrar deparei-me com a Dra e dois estagiários (que sina a minha). Ela estava atolada de trabalho pois tb estava de banco e tentou despachar-me avisando-me logo que teria de voltar na semana seguinte pois o hospital estava cheio. Depois quis fazer-me um toque para ver como estava a minha dilatação e ao fazê-lo rebentou-me sem querer as águas. Só disse: “Ups rebentei-lhe as águas sem querer, mal toquei” e eu só respondi: “Pois agora é que eu já não saio de cá”

Levaram-me para uma sala onde esperei que me chamassem evitando mexer-me e não me levantar. Depois fui ao duche e vesti a bata, despedi-me dos meus sogros e subi para o bloco de partos, aquilo estava um caos e colocaram-me numa sala pois não havia vagas nas salas de dilatação.

Fiquei ligada ao CTG e a soro e pelas 16h00 deram-me ¼ de comprimido via vaginal o que não me fez efeito nenhum pois não tinha contracções, por volta das 20h30 deram-me mais ¼ de comprimido e aí sim, comecei a sentir as contracções em força, foi uma hora horrível, as dores são realmente intensas e quase não havia intervalo entre as contracções. Passado uma hora já tinha os 4 dedos de dilatação e pedi imediatamente a epidural. Que alívio!!!!

Continuei a fazer a dilatação, a sentir que vinham contracções mas sem dor, sem sofrimento.
Por volta das 00h20 voltaram a espreitar-me e viram que já tinha os 10 dedos de dilatação e começaram a preparar a sala, mandaram-me fazer força, fiz, correu super bem e ás 00h48 nascia o meu Santiago, tadinho com um ar assustado e sofredor. Nunca me irei esquecer do momento em que me puseram o menino no meu peito e eu o beijei e chorei, chorei de alegria, chorei pelo pai, chorei porque sou uma chorona feliz…

O parto não foi assim tão difícil comparando com o pós-parto, isso sim custou-me e muito e só ao fim de 17 dias me começaram a cair os pontos.

_________________
http://obloguinhodazanita.blogspot.com/

Trompas obstruidas / varicocelo
Laparoscopia, Dufine+Pregnyl
SÓCIA Nº 17

Suzana + Santiago
[



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada MSN Messenger
Calas
Membro Ouro
Membro Ouro


Registrado em: 09 Jul 2006
Mensagens: 345
Local/Origem: Seixal

MensagemColocada: 01 Dez, 2007 22:18 
Assunto:
Responder com Citação

O PARTO DA CAROLINA
Depois da Carolina não se decidir nascer na data prevista foi marcada a indução para dia 26 de Abril. Fui internada no dia 25 de Abril á noite no Hospital Garcia d'Orta, estava com 41 semanas, passei essa noite no 5º piso, num dos quartos de indução, não me fizeram nada nessa noite tirando mesmo só o clister que tive de fazer (nem sei para quê) pois no dia seguite continuei a comer normalmente.
Na quinta feira de manhã levantei-me e fui tomar um banho, eram 7 da manhã e de seguida colocaram um comprimido via vaginal para induzir o parto. Estava bem, não sentia nada, nessa tarde estive na hora de visita ( à tarde) com os meus pais e o meu marido na sala de espera, pois eles não podiam entrar no quarto da indução, e só ai é que começei a sentir umas dores mais fortes, mas nada de muito muito forte, até me ria e dizia se fosse só estas dores não me importava de ter muitos filhos, lol... mal sabia o que me esperava.
Nessa noite começou o pesadelo, pois começei com contracções de pouco em pouco tempo e eram tão fortes que as vezes nem sabia de que planeta era, ainda mais não queria fazer parte fraca mas as tantas já nem conseguia, e lá chamava a enfermeira com esperança de ela me ver e me dizer que já estava com a dilatação feita e poderia ir para o bloco de partos para levar a epidural, mas nada, o colo de utero continuava a estar tipo betão armado e dilatação muito muito lentaaaaaaa, tinha que continuar a aguentar.
A meia noite depois de eu chamar novamente a enfermeira ela lá me fez o toque e eu me levantei para ir para o corredor andar sempre cheia de dores mas com esperança de que a dilatação seria mais rapida se eu andasse de um lado para o outro, até que tive uma vontade enorme de ir ao wc e foi ai me rebentaram as águas... parecia uma cascata.
Depois disso as dores ainda ficaram mais fortes, mas tive de aguentar ainda mais com o antibiotico que tiveram que me administrar atravês do soro, devido ao microbio ( Strept.B-hemol.gr B) que teria de ser destruido antes do parto. Mas mal dos meus pecados como sou alergica a penicilina não puderam dar o antibiotico normal mas sim um mais forte que provoca sempre vomitos e assim foi, logo que me deram estive sempre com vomitos e cheguei mesmo a vomitar várias vezes até a Carolina nascer. Aguentei até as 5 da manhã momento que pedia já por favor para me levarem para o bloco de partos e me darem a epidural pois já não aguentava as dores, e a enfermeira depois de me fazer novo toque disse-me que ainda não estava com os 3 de dilatação mas que iria telefonar para o bloco e me mandaria para lá se bem que achava que não iriam fazer-me nada ainda (bem dizia ela), mas eu estava com esperança.
Telefonei para o maridito que estava em casa deitado no sofá vestido a espera de noticias e assim que falei que iria para baixo para o bloco de partos ele lá foi a caminho do hospital.
Levaram-me para o bloco de partos para uma das box's e ai fiquei a espera do Zé cheia de dores, pois assim que fizeram o toque disseram-me logo que nem deveria ter descido pois ainda estava muito atrasado e não poderia levar a epidural tão depressa e ai fiquei triste pois teria que aguentar mais umas boas horas... Quando o Zé chegou fiquei mais alivida pois sempre tinha ali alguém ao pé de mim a dar-me força e a mão... quando vinha uma contracção a mão do maridito sofria sempre uns bons apertos, tal eram as dores... bem fazia a respiração que tinha aprendido nas aulas de preparação para o parto mas as tantas eu lá me descontrolava e saiam uns ais bem altos (mas tb não era a única, eu bem as ouvia). Ainda me deram uma bola enorme e mandaram-me sentar na cama e encostada a bola o zé fazia massagens nos meus rins cada vez que vinha as contracções, não passava as dores mas sempre sabia bem, e lá continuava eu com as dores e com os vomitos e desesperada pela chegada da Carolina...
Cesariana estava fora de questão, como já se sabe os hospitais públicos evitam ao maximo as cesarianas só mesmo em ultimo caso... e sendo que viam que a Carolina estava bem lá me fizeram aguentar e fazer o parto normal.
Eram 15h30 de sexta quando veio o anestesista e a bendita epidural, mas ainda só tinha 3 dedos de dilatação, mas o inferno das dores tinham desaparecido agora eram dores suportaveis. Ainda tinha umas boas horas pela frente mas agora era mais fácil, pois levei 2 em 2 horas o reforço da epidural. Depois disso iam constantemente fazer o toque para ver a dilatação, mas só a noitinha antes da meia noite é que já tinha os 9 dedos de dilatação é que uma médica (Drª Ester) uma querida, estava mesmo preocupada em despachar-me pois estava já a muitas horas ali e ainda mais com um problema de hemorrodial que fiquei com o esforço, parecia uma couve flor (era o que a médica dizia, tal era o tamanho delas), ainda na box ela pediu-me fazer começar a fazer força para ver se a Carolina nascia, e eu lá fiz, a Drª ainda sentiu a cabeça dela e o cabelinho mas a minha filhota estava muito para cima e ainda por cima lá ficou numa posição que seria dificil nascer sem uma ajuda das ventosas ou dos forceps e foi ai que fiquei logo preocupada, chamou mais 2 colegas para me verem, também elas muito queridas e disseram logo que teria que ir para a sala das cesarianas para fazerem o parto com forceps, pois assim seria muito dificil. Uma das médicas dizia que eu era parecida com a Betty Bop por causa dos meus olhos grandes e cara redonda, lá engraçou comigo... dizia que a minha filha iria nascer com uma cara bonita como a mãe, eu claro toda vaidosa lol... se bem que deveria estar linda com umas olheiras do tamanho do mundo e cansada como estava...
Depois lá disseram ao meu maridito que teria que ir aguardar na sala de espera pois não poderia assistir ao parto, fiquei ainda mais triste e ele também, mas teria que ser assim, o momento de conhecer a minha filhota estava a chegar e eu ainda mais ansiosa....
Levaram-me para a sala das cesarianas e depois de me darem uma dose maior de epidural lá fiquei sem sentir qualquer dor, e as médicas que me assistiram e as 2 enfermeiras foram uns amores muito meiguinhas, lá me equiparam toda e depois de ver os ferros a entrarem nas mãos de uma das médicas virei a cara pois estava mesmo a fazer-me impressão e só pensava na minha filha, tinha medo que alguma coisa pudesse correr mal com ela. Depois de fazer 2 vezes força mesmo sem sentir qualquer coisa da cintura para baixo lá saiu a Carolina e este momento foi inesquecivel... era 12h55m de sábado...
Ai sim acreditei que o sonho pelo qual lutei durante 4 anos se tinha tornado realidade, ali estava o bébé que tanto tinhamos desejado a chorar no meu peito e assim que disse "Minha filha" a Carolina parou de chorar e abriu os olhos... tinha conhecido a minha voz... só pensei... valeu a pena tanto sofrimento.
Depois de levarem a minha filhota lá me estiveram a cozer pois tinha ficado um pouco mal tratada e como tremia tanto, tinha tanto frio (devido a dose forte que tinha levado da epidural) cobriram-me com cobertores e fui dormir para o corredor... tinha tanto sono estava tão cansada. Dormi até quase as 5 da manhã, só depois de acordar e darem-me uma sandes e um sumo para comer é que me trouxeram a Carolina, nem queria acreditar que ela estava ali nos meus braços, tão linda.
O papa coitado esteve sempre na sala de espera imaginem estava no hospital desde das 5 da manhã do dia anterior, uma das médicas já tinha levado a Carolina para o pai a conhecer e por incrivel que pareça a nossa filha também conheceu a voz do pai e parou logo de chorar assim que o Zé lhe falou.
Depois lá me levaram para o 5º piso, passei pela sala de espera onde ainda estava o Zé a espera de me ver e de me dar um beijinho, e a Carolina que ia comigo na cama.
Claro que depois disso nnca mais preguei o olho só mesmo quando vim para casa, pois no hospital não conseguia mesmo dormir, passava horas a olhar para a minha filha.
Mas ainda passei por um momento complicado devido ao hemorrodial que tinha feito, ainda no sábado a noite fui levada para a cirurgia vascular para me lacetarem as hemorrodias, bem nem vos digo nada custou tanto apesar da anestesia que levei nelas senti bem o que me fizeram, eu só gritava com eles e perguntava se eles não achavam que já tinha sofrido bastante e agora isto... mas elesbem diziam que ficaria muito melhor e verdade seja dita fiquei mesmo, pois eu tinha mais dores da parte de trás do que nos pontos que tinha levado do parto.
Depois disso fiquei até ao dia 1 de Maio no hospital, já estava farta, mas não me deixaram sair antes, devido a ter sido parto com forceps e ter feito aquele hemorrodial horroroso, o que me consolava era mesmo a minha filha linda.
Agora tenho a dizer que, adorei toda a equipa médica, enfermeiros e auxiliares, são uns amores, sempre muito meigas e atenciosas e prontas ajudar nos que fosse preciso, só não gostei mesmo foi da comida, de ter a televisão avariada no quarto (não podia ver a minhas novelas lol) e não ter melhores condições sanitárias, mas de resto tive uma companheiras de quarto muito simpaticas, sempre que uma de nós tinhamos de ir ao wc ou outro sitio, tomavamos conta dos bebes de umas das outras.
Acho que vou parar por aqui... olhem só o testamento........
Beijinhos doces

_________________
Infertilidade Inexplicada
5 anos para engravidar da Carol
2 anos e tal a tentar o 2º filho
IIU no HUC Dez 2011 - Neg
IIU no HUC Fev 2012 - Neg
FIV no HUC Julho 2012- não houve fecundação dos ovulos

OS MEUS BLOGS
http://lojinhadacarol.blogspot.com/
http://fruto-do-nosso-amor.blogspot.com/



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada MSN Messenger
occm*
Membro Platina
Membro Platina


Registrado em: 28 Jul 2006
Mensagens: 1845
Local/Origem: algures a Sul...

MensagemColocada: 03 Dez, 2007 9:41 
Assunto:
Responder com Citação

O D. nasceu a 25 de Maio no Hospital da Cruz Vermelha. A cesariana estava marcada, e qdo dei entrada fui fazer CTG. DEpois fui vestir a bata, soro e novamente CTG. Chovia torrencialmente e já estava tudo desesperado à espera da assistente que não conseguia chegar ao hospital, mas lá chegou e o Duarte lá nasceu! Foi lindo ver o meu filhote nascer e ter o meu marido ali conosco.
O Pós-parto foi óptimo! Não me custou nada e viemos os 3 para casa muito felizes!
Bjnhs

_________________
SOP sem alteração hormonal, apenas detectado ecograficamente. Positivo em Set/2006.
Madrinha: SLobo; Afilhadas: Angela e Ritinha



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Visitar a página na web do utilizador
lena
Membro Platina
Membro Platina


Registrado em: 19 Jan 2007
Mensagens: 1530

MensagemColocada: 07 Jan, 2008 12:24 
Assunto: O dia D!!!!
Responder com Citação

No dia 25/10 1 dia passado da data prevista, como de costume, lá fui eu á tarde dar a minha voltinha a pé e fazer umas comprinhas de ultima hora..!! Passei a tarde toda a fazer xixi e quase nao conseguia andar com o peso na bexiga. Já sentia algumas moinhas.....
Vim para casa e fiz o jantar ainda pasei a ferro e quando o marido chegou disse.lhe que estava desconfiada que naquela noite ainda ía haver novidades!!!!!!
E assim foi.... estive sempre com as moinhas com o passar das horas foram aumentando e foram sendo cada vez mais proximas umas das outras.... eram 3h da manha do dia 26/10 e lá fomos p/MAc com contracos de 8/8 min. Entrei nas urgencias da MAc ás 4h00 estive no CTG uma hora e qq coisa pq o bébé dormia.....quer dizer afinal havia qq problema...e ás 6h a.m fui internada com 3 dedos de dilataçao...soro...e ás 7 h qdo me foram ver já nem epidural podia levar ...tinha a dilataçao toda feita....
Levaram-me para a sala de partos e ainda íam tentar tirá.lo a forceps Confused Confused
mas teve de ser uma cesariana de urgência visto o bébé estar em sofrimento. e assim foi... uma epidural super rápida e milagrosa que acabou com aquelas dores..eheheh e ás 7.54 nasceu o meu amor!!!!
Tive uma recuperação muito boa, só tenho de dizer bem da MAC e de todo o pessoal lá.
E se repito a experiencia..... claro que sim... se Deus permitir!!!
Fica aqui uma chamada de atenção:
Meninas : eu nao rebentei as aguas como normal....o liquido foi saindo aos poucos quando ía ao WC...atenção!!!!
Milhoes de beijinhos

_________________



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Mattilas
Membro Diamante
Membro Diamante


Registrado em: 19 Jan 2007
Mensagens: 505
Local/Origem: Açores

MensagemColocada: 17 Jan, 2008 18:26 
Assunto:
Responder com Citação

O António nasceu dia 1 de Janeiro, não foi o bebe do ano mas foi o 2º bebé do ano... Laughing Nasceu de parto normal, com ventosa, e com epidural.
Entrei às 00.00 de dia 31 e ele nasceu dia 1 as 10.00. Tinha uma circular em volta do pescoço, mas não foi problema porque foi a tempo. Foram momentos intensos de grande exigência física e psicológica, mas que culminaram numa enorme explosão de sentimentos no meu coração quando o colocaram em cima de mim. Somos só nós e o nosso filho naquele momento, todo o resto à nossa volta pára...é único.
Saí no dia 3 de Janeiro do hospital com febres de 38 graus por causa da subida do leite, fora isso correu tudo muito bem. Bjs a todas e uma boa hora às que ainda vão passar por este momento maravilhoso! Very Happy Matilde e António Maria Wink

_________________
A VIDA é o bem mais precioso..



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Inês F
Membro Bronze
Membro Bronze


Registrado em: 23 Dez 2007
Mensagens: 56
Local/Origem: Alcochete

MensagemColocada: 21 Jan, 2008 20:49 
Assunto:
Responder com Citação

Este tópico dá pano para mangas Wink !

O meu primeiro parto:
Distócico, com epidural, numa pequena clínica particular

Um dia após a data prevista senti as primeiras contracções às 6.30. Pelas 15.30 fui para a clínica pois já tinha intervalos de 5 minutos, embora as dores fosse "peanuts". Na clínica fizeram-me um clister tradicional (é um horror, parece que estamos a rebentar, de tão cheias!) e raparam-me o períneo. Depois fiquei a fazer a dilatação no quarto. Por volta das 18H chegou a minha médica, já eu estava com 7 cms de dilatação. Eu só perguntava pela anestesista, que estava atrasada. Lá me ia aguentando, fazendo a respiração que aprendi no Varequipe, até que finalmente chegou a "salvadora". Estava já com 8 cms, as contracções eram fortíssimas e foi extremamente difícil aplicar a epidural: fui picada 7 vezes!! Ah, mas como valeu a pena: dez minutos depois estava tão aliviada... apesar de ter ficado com uma "janela" no quadrante inferior direito, a fase da expulsão não custou nada. Pelas 20.30 nascia a Maria João, após episiotomia e fórceps - pudera, com 4.5Kg... Foram no total 15 horas de trabalho de parto.
A rcuperação foi pavorosa por causa da episiotomia: ao fim de 3 semanas ainda me sentada torta, mas com fórceps não há nada a fazer...

O meu segundo parto:
Eutocico, natural, na Magalhães Coutinho

Duas semanas antes da data prevista, o parto foi induzido (Cytotec via vaginal), a fim de evitar outro parto difícil O Tiago estava já com 3.5Kg e não havia razão nenhuma para continuar na engorda. Por isso, às 18.30H comecei com as primeiras contracções. Não eram dolorosas. Ás 22H decidimos ir até ao hospital, só por precaução, porque as contracções estavam muito juntas (4 minutos), mas dores nem vê-las... Bem, às 10.30 rebenta o saco amniótico e por isso fui admitida. Lá passei pela rapagem (tive de barafustar para ser só o períneo, não sei porque querem sempre tirar tudo). e pelo duche. Pelas 23 as dores começaram. Valeu-me o treino na Graça Mexia, mas tenho de confessar que uma epiduralzinha foi pedida... e não concedida. A fase da transição foi violentíssima, mas quando me foi dito para finalmente fazer força, o Tiago nasceu em apenas 15 segundos: uma só respiração. eram 1.20H. Duração do trabalho de parto: 7 H. Não me safei à episiotomia não porque realmente precisasse, mas porque já tinha feito uma. Desta vez, contudo, a recuperação foi muitíssimo mais rápida: 8 dias depois já estava na ginástica.

Desta vez, sou capaz de querer uma epiduralzinha outra vez... Razz ou então, prefiro esperar e não induzir, porque as dores são realmente muito mais fortes.

_________________
2 filhos seguidos de
Infertilidade - 3 anos
Microprolactinoma + Menopausa precoce ?
IMG às 17 semanas: displasia tanatofórica



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Felicidade
Membro
Membro


Registrado em: 21 Jan 2007
Mensagens: 23
Local/Origem: Porto Salvo- Oeiras

MensagemColocada: 23 Jan, 2008 13:25 
Assunto: O maior tesouro
Responder com Citação

O meu tesouro nasceu no dia 3 de Novembro de 2007. Devo dizer que antes de engravidar sempre achei que andar de barriga devia ser uma grande chatice, mas agora quando olho para as minhas fotos de barriguda sinto muitas saudades de quando a minha estrelinha ainda estava cá dentro. Valeu a pena os enjoos, algumas noites sem dormir, os pés inchados, o engordar, etc, etc, etc. Não há melhor coisa do que sentirmos o milagre da vida dentro de nós.
As dores de parto não passaram muito por mim, só as contracções é que....., isto porque levei a epidural (bem dita!!!). Quando tive à 1.10 da manhã o meu Pedro nos braços senti a maior alegria de toda a minha vida. A minha estrelinha, o meu sistema solar, o meu universo, enfim... a minha vida. É tão lindo!
Ser mãe é a melhor dádiva do mundo. Olhar para aquela coisinha fofa compensa tudo Adormecermos a olhar para ele e acordar com o seu choro porque tem fominha, dar a maminha e sentir que está satisfeito, brincar com ele e ver o seu sorriso.... Enfim não há palavras para descrever a maior felicidade da minha vida
Very Happy

_________________

url=http://lilypie.com][/url]



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
anamar
VIP
VIP


Registrado em: 20 Jan 2007
Mensagens: 6682
Local/Origem: Algarve

MensagemColocada: 21 Fev, 2008 19:28 
Assunto:
Responder com Citação

É incrível! Como é que é possível que já tenham passado 3 meses? E ainda não tenha arranjado uns minutos para vos contar com correu a chegada da minha filhota a este mundo? Shocked Acho que tenho andado a saborear cada minutinho, não vá acordar do sonho! Mas, envergonhada pela prontidão da Armatos, cá vamos nós! Very Happy

As duas últimas semanas de gravidez foram um stress - apesar de estar em casa, só pensava numa coisa - o parto! e ele nunca mais: cada vez que ía à médica era sp a mm coisa - fazia-me o toque (ou por outras palavras, tentava chegar-me à garganta por baixo!) e estava tudo verde (colo do útero fechadinho e sinais de parir, nem vê-los!). Confused

Ora sabendo eu q tb tinha nascido de parto provocado, fiquei logo a fazer filmes e a entrar em stress (pq tb não estamos nada habituados a deixar a mãe natureza fazer as coisas à sua maneira) e vai de procurar tudo e + alguma coisa q pudesse ajudar a provocar o trabalho de parto. NADA! Sad

Lá decidimos marcar a coisa dia 15 de Nov pq já íamos nas 41 semanas de gestação e a moça não mostrava sinais de querer sair do quentinho. Por alguma razão só fiz a malinha pr levar pr a maternidd na véspera - estava mm à espera disto! E se por acaso acontecesse alguma coisa, tb num instantinho se fazia! Estava tudo arrumadinho... Wink

Lá fomos, a médica voltou a fazer o toque e desta vez a coisa já estava acontecer, mandaram-me pr um quartinho, vesti a camisa, colocaram-me as pastilhas pr ajudar a dilatação e pumba! rebentam as águas! Very Happy A partir daí foi sp a abrir e nem houve tempo pr soros Neutral - das 2h da tarde até às 6h foi andar pelos corredores, descansar, apertar os braços do Mais-que-Tudo (de preferência com as unhas!) e, ufa! "Quer epidural?", "Duas s.f.f!". Estava cheia de medo de não conseguir ficar quieta enqto me davam a injecção mas correu tudo bem, não doeu nada e assim que se sentiu... Que alívio! Cool Esta foi bem dada pq o efeito começou a passar exacta/ qd era preciso fazer força. E era exacta/ aqui q residiam as minhas reservas face à epidural e q n se verificaram.

Adiante! Em menos de duas horas tinha feito a dilatação completa e a moça vinha a abrir. "Mulheres parideiras!" foi o comentário da médica e eu nem queira acreditar q a coisa ía dar-se! Nisto SMS da minha irmã: "Rebentaram-me as águas!" Shocked Pernas nos apoios, tudo a postos, toca a fazer força - as duas primeiras vezes não correram lá mt bem, apesar do cortezinho q fizeram pr ajudar, e vem logo outra enfermeira de cotovelo em riste e em cheio na barriga. Mad Lá a convenci a deixar-se de ****** e aí é q foi fazer força - dois empurrões valentes e a míuda sai cá pr fora...

Não há palavras... Mesmo... Chorar não chega, rir não chega, nada chega! Mr. Green Assim q a colocaram na minha barriga deixou de chorar e reconheceu logo as nossas vozes - foi incrível! Mr. Green Estava à espera de um pequeno "alienzinho" pq os bebés nascem mts vezes deformados pela passagem no canal cervical, mas esta coisa linda nasceu perfeitinha e de olho bem aberto, muito observadora! (Ela está a olhar pr mim e a dizer "Deixa lá de babar tanto, mamã!) Mr. Green

A minha médica teve de sair para fazer uma casariana de emergência e foi a enfermeira q fez nascer a pequena. E ela foi espectacular durante todo o tempo q estive no hospital! Ainda vou saber o nome dela e faço questão de lá levar a pequenina q ela ajudou a nascer. Tivémos mt sorte c/ a equipa (excepto a enfermeira do "cotovelo"), já outras colegas q lá foram assistidas n se podem gabar do mm, infeliz/! E da equipa do "outro lado" n posso dizer a mm coisa. Enqto n cheguei a casa, n descansei!

Os meus sobrinhos nasceram de cesariana nesse dia às 23h56m, 58m e 59m! Foi o máximo! Se tivéssemos tentado coordenador as coisas, nunca teria acontecido assim!

E pronto! Felizmente que tivémos mt ajuda no primeiro mês pq é mt duro - se ainda viessem c/ manual de instruções... Mas é viver e aprender a cada dia q passa. Várias vezes passámos a noite a chorar (ela pr um lado, eu pr outro) sem saber o q fazer pq nada resultava. Sad Mas faz parte! É a melhor coisa q aconteceu na minha vida e já n me lembro c/o era antes dela existir.

Faz hoje um ano q fui fazer a eco e o médico disse q havia um folículo dominante de 21mm no ovário dto. Era altura de marcar a 2.ª IIU... Um ano depois, ela está aqui... Mr. Green E foi tudo infinita/ mais fácil por causa da APF e do apoio das pessoas maravilhosas q por aqui andam...

Um beijinho mt grande, de lágrima no canto de olho

anamar e filhota

_________________


AB '07- IIU 25/1 (-) 21/2 (+) Fertimed '10 IIU 21/9 (-) 20/10 (+) 9sem Não evolutiva '12 IIU 30/3 (+)



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Olinda
Moderador
Moderador


Registrado em: 29 Mai 2007
Mensagens: 13267
Local/Origem: Sobral Monte Agraço

MensagemColocada: 10 Mar, 2008 10:29 
Assunto:
Responder com Citação

Vou contar aqui como foi o grande dia e a hora pequenita:
Ás 6h da manhã(+-) tive a primeira contracção, eu não sabia o que era foi ao WC a pensar que era para fazer cocó mas nada… passado algum tempo outra dor, assim sucessivamente ás 7h comecei a desconfiar ate acordei o “xenano”(marido) e disse que talvez fosse um bom dia para nascer mas deixei-me ficar até ás 9h com os intervalos a serem cada vez mais pequenos e ás 10h30m entrei no hospital com contracções de 15 em 15m e pouco dolorosas, fui para o ctg até as 12h quando tive sinal de parto e a enfermeira foi ver que já tinha dilatação, mandou-me preparar para ir para a sala de partos, onde entrei ás 13h. A enfermeira chamou o xenano, ele ainda não tinha decidido se ia assistir mas entrou. Puzeram o soro, vomitei e ás 13h30m as contracções começaram a ser mais fortes e com menos intervalo. 14h vem o medico rebenta a bolsa e diz que esta quase. 14h45m a enfermeira vê que já está na hora preparam tudo e mandou-me fazer força e a Rafaela nasceu Smile Eu não pedi, nem me lembrei da epidural, elas também não falaram no assunto e posso afirmar que não me fez falta.
Bom custou-me mais as contracções da última hora do que o nascimento, o nascimento custa é ter que fazer força sem parar para respirar e logo de seguida ver os pezinhos em cima de nós(enquanto elas tratavam do cordão). A enfermeira disse ao pai para cortar o cordão, ele ainda disse que não mas lá cortou focou muito babado e eu também! Ah e os segundos ate ela chorar foram sufocantes, cheguei a perguntar mas ela não chora e pimba começou, que alivio! Logo de seguida vimo-nos uma á outra ela com o olho muito aberto(e a boca também, do choro) e eu com as lágrimas nos olhos, só me apetecia beija-la toda e beijei o que pude!
O pior foi depois, cozer, ouvir a enfermeira dizer rebentou uma veia temos que a suturar, ela bem deram duas anestesias (tipo de dentista) mas doeu e demorou. Eu reclamei da dor e a auxiliar disse “não reclame porque esta a ficar como uma virgem” rimo-nos todos e eu tive que me calar!
Uma hora depois da Rafaela nascer(16h) estávamos no quarto, cama 17, e ela agarradinha á mama da mãe.

Não vos posso dizer como se faz para ter uma hora pequenina porque eu sei, o que sei é que de certeza o exercício físico(natação no meu caso) deve ajudar e as aulas de preparação ajudam muito. As enfermeiras todas deram os parabéns, portei-me muito bem, melhor que muitas mães de 2ª e 3ª viagem! Também foi tão fácil como me ia portar mal?

_________________
34a,tentei desde 1998,na MAC desde 2003, op trompas em 2005, junho 2007 1ª FIV, beta dia 3/7 positivooo


Iniciei processo de adopção em Abril 2007
APFertilidade nº 156
Madrinhas e afilhadas ver perfil!



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
KIKI
Membro Prata
Membro Prata


Registrado em: 22 Mar 2007
Mensagens: 231

MensagemColocada: 12 Mar, 2008 12:02 
Assunto:
Responder com Citação

Olinda,
Gostei muito de ler o teu testemunho. É bom saber que as coisas correm bem e que existem horas pequeninas. Muitos parabéns uma vez mais.
Bjs para para vcs todos e façam o favor de serem felizes Very Happy

_________________



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
sifpereira
Membro Diamante
Membro Diamante


Registrado em: 26 Abr 2007
Mensagens: 611

MensagemColocada: 06 Abr, 2008 20:56 
Assunto:
Responder com Citação

Pois é, amigas, a minha pequenita está mt decida desde as 30 semanas. Como, desde então, tb tenho a placenta no grau III, embora não tivesse contrações nem dilatação, o médico disse-me para ficar de repouso em casa. Vou nas 37 semanas e não sinto contracções nem nada. Será que agora ela é que não quer sair? Estou cansadinha do descanso Confused
Queria que ela nascesse bem, mas que não demorasse muito.
Já alguma de vós passou por uma experiência assim?
Como foi o vosso parto?

_________________



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
MarianaS
Membro Diamante
Membro Diamante


Registrado em: 22 Fev 2007
Mensagens: 906
Local/Origem: Lisboa/Coimbra

MensagemColocada: 21 Abr, 2008 11:37 
Assunto:
Responder com Citação

Como chegou a princesa Margarida

Chegados às 40 semanas e 1 dia, a nossa obstetra era de opinião de que se deveria induzir o parto. Primeiro, porque a gravidez já tinha atingido o termo, segundo, e não menos importante, o líquido amniótico era já diminuto.
Sábado, dia 12 de abril:
Instalados às 10h30m, ligam-me ao ctg e coloco um comprimido de prostaglandina na bochecha da boca para o começo da dilatação do colo e início de contracções.
Estive até cerca das 17h00 sem qualquer contracção e sem qq dilatação do colo. A cada toque, a médica apenas conseguia distinguir a cabeça da bebé completamente encaixada mas o colo do útero "muito posterior" e sem qualquer sinal de apagamento.
Já nessa altura ela dizia que, por muito que esperássemos, o colo nunca iria dilatar, nem que lá voltasse daí a uma ou duas semanas. Da experiência dela, o colo nunca iria dilatar... Confused
Por volta dessa hora, um pouco mais tarde, decide administrar a ocitocina no soro. Apenas porque eu queria evitar a cesariana...
Aí começam as contracções a sério.
Estive até cerca das 22h com imensas contracções!
Antes de a médica chegar do jantar, vem a enfermeira senior, vê as contracções e quanto eu sofria e diz: "de certeza que agora o colo já está melhor, com essas dores!..." Faz o toque e... zero!!! a médica chega entretanto e ela: "sra. dra., este colo es´tá para lá do sol posto!..."
E pronto, estava decidido avançar para a cesariana.
A médica teve uma conversa séria comigo, explicou-me todos os prós e contras e eu, claro, aceitei. Na ocasião, fiquei mesmo triste e desiludida... Sad
A partir daí, foi tudo muito rápido. Avancei para o bloco, administraram-me a epidural - apenas a dose necessária para a intervenção, já que não tinha levado nada antes, por não haver dilatação.
O papá assistiu a tudo, sempre a meu lado.

Às 23h41, nasceu para o mundo a nossa princesa, as lágrimas cairam-me, grossas, quando ouvi o primeiro choro dela... Ainda agora me vêm aos olhos... Embarassed
Logo a trouxeram para meu lado e em meia hora já estava na maminha.

A recuperação é árdua, mas decorreu sem problemas. E tudo passa quando vemos aquela princesinha, que é só nossa, bem chegadinha a nós... de repente, tudo volta a fazer sentido!!!

E pronto, é este o meu relato.
Beijocas!

_________________
34 anos, a tentar desde Agosto 2005.
Aborto espontâneo-Abril 2007.



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
te
Membro Elite
Membro Elite


Registrado em: 21 Fev 2007
Mensagens: 2231

MensagemColocada: 01 Mai, 2008 16:20 
Assunto:
Responder com Citação

Vou aproveitar que a Beatriz dorme aqui ao meu lado, para ver se consigo ter tempo de descrever a forma como ela veio conhecer-nos!
No Domingo, às 9h da manhã tal como combinado com a minha médica, lá estavamos nós na MAC. Fui logo chamada, preenchida a papelada para o internamento, fui "preparada" com mais um clister (já tinha feito um antes de sair de casa e outro na noite anterior) e apesar de ir com a depilação feita, não escapei da gilette, como disse a enfermeira:"Só para dar mais um jeitinho".
Instalada no quarto, com o CTG ligado, o C foi logo chamado para vir para a minha beira e às 10h15 a minha médica veio-me colocar o comprimido vaginal para provocar a dilatação.
Convém só referir que após o toque, a médica verificou que o colo estava exactamente igual à segunda feira passada, portanto era de prever um parto demorado...
Passado pouco tempo as contrações começaram logo a ficar de 2em2 minutos.
Os médicos íam passando e fazendo toques para tentar provocar mais dilatação, mas continuava tudo na mesma...Os toques, tal como os ultimos que tinha feito, eram bastante dolorosos...
Por volta das 3h da tarde concluiram que o comprimido não tinha feito efeito, portanto iriam avançar com a occitocina inicialmente a 25.
Mal foi colocada a correr nas veias, notei logo o aumento da intensidade da dor...
Os toques foram continuando...
A minha médica decidiu aumentar a occitocina para 50, aumentando assim também as dores.
A partir desta altura, deixei de falar, de ouvir e de pensar...
Concentrei-me na dor, que era algo indescritivél e parecia não ter intervalos (que sempre foram de 2em 2minutos). limitei-me a respirar...(tal como aprendi nas aulas de PPP).
Toda eu tremia, era incontrolável...
A occitocina foi aumentada para 75 e o colo não passava dos 2cm de dilatação...pedi, supliquei a epidural...mas a dilatação era demasiado pouca.
No meio de tudo isto vomitei 3 vezes...
Finalmente, após mais uns toques fiquei com 3-4cm e a minha médica chamou logo a anestesiata, isto já eram umas 9h ou 10h da noite.
Após a epidural, voltei a falar...o C. diz que eu já parecia outra, a dor não desaparece, mas alivia imenso...abençoada epidural!
Quando os médicos vieram ver-me, foi uma festa: tinha chegado aos 8cm!!
Fiquei tão feliz ao ouvir isto...
Pasado algum tempo comecei a sentir vontade de puxar e pedi ao C para chamar alguém. A parteira achava que era cedo, mas mal me fez o toque, disse logo que a Beatriz já estava a querer sair!
A minha médica veio logo e fez questão de ser ela a fazer-me o parto...
As forças já eram poucas, mas puxei tudo o que consegui. A parteira teve de colocar um braço encima da minha barriga para ajudar a expulsão, mas não me livrei da episiotomia nem da ventosa.
Fiquei um pouco nervosa quando a parteira foi ao corredor chamar um pediatra, pois era um parto com ventosa...
Mas correu tudo bem, e a Beatriz chorou logo que nasceu!
Mal a colocaram encima de mim, não pude evitar emocionar-me e esse foi, se duvida, o melhor momento de toda a minha vida!
Ali estavamos os 3, após tanta luta, tinhamos conseguido!
O C foi com a pediatra e com a Beatriz para a sala de neonatologia para ela ser avaliada.
Foi então que percebi que afinal ainda não tinha terminado...
A minha médica mandou chamar uma colega, não era só a episiotomia que tinham de coser, durante a expulsão, a Beatriz fez-me uma laceração interna que me apanhou varios vasos...
Quando começaram a tentar coser, as dores eram insuportaveis...Deram-me um novo reforço de epidural, mas tinha de estancar a hemorragia rapidamente, portanto acabaram por me dar mais uma anestesia local.
Não soltei um unico grito ou gemido durante o parto todo, no entanto nesta ultima parte, descontrolei-me um pouco.
Foi complicado, eu percebi que as médicas não estavam a conseguir coser, pois o corte era muito interno. Perdi muito sangue, a minha médica estava constantemente a pedir compressas e acabou por deitar um lençol para o chão, para apanhar o sangue...
No meio de tudo isto o C foi impedido de entrar novamente no quarto, só quando tudo terminou ele voltou com a Beatriz.
A minha médica beijou-me a testa, deu-me os parabéns por me ter portado tão bem e emocionamo-nos as duas!
O C ainda ficou quase umas duas horas comigo e com a Bia.
Depois quando me tentaram transferir para o piso de obstetricia, desmaiei. Tinha perdido muito sangue, passei a noite a soro e em observações, longe da minha linda filhota.
Só a voltei a ver de manhã, quando finalmente me levaram para a enfermaria. Quando mudei de maca, voltei a desmaiar e fiquei proibida de me levantar durante o resto do dia.
Foi então, que percebi que a Beatriz não estava bem...começou a vomitar. Supostamente teria sido o suplemento que lhe deram durante a noite, ao qual ela fez reacção alergica. Passou o dia a vomitar e acabaram por lhe fazer uma lavagem ao estomago.
Só voltou a conseguir beber melhor o meu leite no final do dia seguinte.
E aqi estamos nós, em casa, eu medicada com antibiotico e dose reforçada de ferro e cheia de dores...
Mas olho para a minha filha e sinto uma felicidade imensa!

_________________



Gravidez ectópica Abril de 2007, fiquei sem trompa esquerda
Sócia 155
http://aseivadavida.blogspot.com/



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
sifpereira
Membro Diamante
Membro Diamante


Registrado em: 26 Abr 2007
Mensagens: 611

MensagemColocada: 01 Mai, 2008 21:41 
Assunto: Nascimento da princesa do meu reino encantado
Responder com Citação

No dia 24, pelas 11h20, iniciou-se a indução do meu parto devido a vários factores, como vocês sabem.

Comecei o momento mt bem, sem contrações, embora já tivesse quase 3 dedos.

Como não estava a sentir nada, aumentaram a quantidade de oxitocina e por volta da uma da tarde comecei a sentir as ditas cujas com maior força.

Com o meu marido ao lado, as coisas até correram minimamente bem. Até que por volta das 16h, as dores começaram a ser insuportáveis até que chegaram a um ponto em que nem conseguia descansar. Pedi logo a epidural mas, embora tivesse já dilatação suficiente, o colo ainda estava um pouco grosso. Estive assim, com dores mt fortes e contínuas, mais ou menos 1h30 até que me deram a epidural.

Bendita seja ... grande invenção!!!!! Desde então, as coisas foram uma maravilha. Comecei a dilatar mt bem e rapidamente. Dei entrada no bloco de parto e 15 min depois já cá estava a minha princesa. Foi tudo muito intenso. a enfermeira só me dizia ... está a portar-se lindamente, nem precisava de mim”Smile .

Foi lindo, indescritível. Foi mt íntimo já que só era eu, o pai, a parteira e outra enfermeira.

O pai portou-se lindamente e ajudou no trabalho.

Não teve receio de dar uma espreitadela sempre que a enfermeira lhe dizia... "venha cá ver, é a sua filha"
A parteira tb me mostrou a minha placenta e a sua calcificação.

Quase não precisei de ser cortada, contudo a parteira não arriscou e levei 4 pontinhos. Mas nessa mesma noite já me conseguia sentar. Escusado será dizer que, embora ainda esteja dorida, já ando muito bem e não sinto praticamente nada.

Outra boa notícia foi que a minha menina veio bem maior do que a previsão: 3074g e 49cm... linda

E foi assim, que neste mês de Abril, sob a protecção da deusa Vénus, nasceu a minha vida...

Que boa experiência … que maravilha ser mãe!!!! Laughing Laughing Laughing

_________________



Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum -> Gravidez Todos os tempos são GMT
Ir à página 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Página 1 de 5






 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum